Belregard: Entre a Cruz e a Espada

Sessão 11 - Guerra

Segue um resumo do acontecido na sessão de jogo. Sem buscar pro dramaticidade, estes tópicos servem de orientação para que os jogadores construam os seus próprios relatos do que seus personagens experimentaram. 

- O ataque de Vlakir foi claramente uma mensagem além de uma tentativa de reduzir as forças do forte.

- Vlakir conseguiu uma vitória moral tomando o barão Tibério e ainda deixou a mensagem de que possui muitos soldados, homens e mulheres fanáticos pelo Demiurgo, dispostos a morrer sem pensar duas vezes.

- Tibério é torturado e acaba morto. Em seu funeral, Haskel é nomeado novo barão do forte e o grupo Garra do Leão assume encargos de confiança para ajudar o jovem no governo.

- Sendo eles os responsáveis pelo forte, precisam decidir que lado tomar.

- Tibério era leal a rainha Anastasia de Lenora, de modo que o próprio grupo também passa a ser.

- Ponderando sobre as possibilidades, acreditam que a aliança com a rainha não é proveitosa, que acabarão esmagados da mesma forma. 

- Apesar de terem passado meses em Ravizon agindo contra o Tribunal para resgatar Haskel, decidem que uma aliança com o Birman é mais proveitosa.

- O forte Presa do Leão, dessa forma, trai a Rainha de Braden, ajudando o Tribunal no seu plano de restaurar o Brandevir. 

- Como o outono traz o temo ruim, o grupo terá até meados da primavera para se preparar para a guerra iminente e esperar pelo suporte do Tribunal. 

Comments

jnsbmm jnsbmm

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.